quarta-feira, 31 de março de 2010

Óculos que estão na moda.

Outro dia jantava num restaurante italiano, quando na mesa ao lado se sentou uma família. Um casal com uma filha adolescente. Reparei logo nos óculos da rapariga. Uns óculos de aros grossos como usam alguns intelectuais e como exemplo mais conhecido, o realizador Woody Allen.
A rapariga até ficava muito bem com os óculos, mas eram tão grandes que escondiam metade da cara.




A imagem de marca deste homem está a virar moda. Apanhei este artigo da revista Globo e deu para perceber por onde já anda esta tendência. Mas como em tudo, há pessoas que ficam com alguma graça e há outros que parecem os marrões da escola. É preciso ter algum estilo para usar e ficar bem.
Só falta o adesivo enrolado no meio para proteger o nariz. Divirto-me a ver as modas.

Mais uns exemplos neste site.
Foto daqui.

domingo, 28 de março de 2010

Menos uma hora para dormir

Esta noite, a União Europeia, tira-nos uma hora. Quando o relógio apontar 01:00, passamos para 02:00. Claro que só o faço de manhã, mas aí ainda me sinto mais mole por saber que estou a acordar mais perto da hora de almoço.
Li que esta mudança é imposição da UE para todos os países-membros e que na mudança de inverno, é Portugal que decide. Pois é, na estação que mais gostamos a Europa gosta de mandar.
Não nos devemos queixar, é sinal que os dias crescem e sobra mais dia de tarde que noite ao final do dia. Confuso? Não, basta olhar para o céu quando se sai às 18h00 do escritório.


Vou mas é deitar que já são 00h56 e daqui a pouco damos um salto no tempo para o futuro às 02h00. É estranho saber que os 60m entre a 01h e as 02h desapareceram. Vou-me sentir mais velho quando me olhar ao espelho de manhã, enquanto lavo os dentes. Ainda mais uns 20m que perco a mudar todos os relógios.

Vou-me deitar e amanhã vou passear e ver a primavera a florir por aí.

P.S. Mais um desenho dos meus, que faço diáriamente no barco. Estou a gostar de pintar com a aguarela.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Slow Mile

Um projecto interessante veio no caderno P2 e no Fugas, do Público, na passada terça-feira. Numa reportagem da jornalista Alexandra Lucas Coelho, a referência a um projecto englobado no movimento Slow.
O movimento slow vai continuando a crescer no mundo e vão surgindo novas ideias para viver melhor a vida, saborear com calma este mundo. 

Slow Mile concilia o Slow Travel com o desenho - Projecto fundado há um ano por uma norueguesa e um português que se conheceram em cursos de desenhos - Bodil Eide e o Paulo Borges procuram pôr as pessoas a andar e a desenhar.


A ideia é excelente, pois há muita gente que assim viaja e conhece as pessoas e as paisagens. Neste projecto, procuram juntar esses gostos em passeios em conjunto com ateliers de desenho e caminhadas. Uma excelente ideia e uma grande iniciativa.

Com isto, lembrei-me de uma série que passou no Canal Travel, chamada "Travel Notebook" e que mostrava alguns ilustradores a viajarem por países e a desenharem as paisagens.
Imaginem-se numa caminhada com paragens para descanso, água e uns traços no caderno. Umas aguarelas à hora de almoço e ficam com uma imagem na memória e no papel. E no papel ficarão as nossas sensações e o que os nossos olhos nos fizeram ver. Mais do que numa fotografia.

Slow Mile no Facebook.
Neste blogue, 10 razões para mudar para o Slow Travel.

Foto: Anne Steinlein desenhando, uma das ilustradoras da série do Travel.

terça-feira, 23 de março de 2010

Cartas e Esboços de Van Gogh

Li com muito interesse no sábado passado, no caderno P2, do Público, uma reportagem sobre a exposição no Royal Academy of Arts em Londres, da obra de Vicent Van Gogh. Um pintor que todo o mundo conhece pelo nome, pela orelha cortada e por alguns trabalhos.

O que mais me interessou, foram os esboços que aparecem nas centenas de cartas, que o pintor escreveu durante a sua vida. Muitas delas para o seu irmão Theo, a descrever os seus progressos na pintura e também a pedir mais alguns dinheiro para telas e pincéis.

Durante 15 anos, 3 peritos holandeses do Museu Van Gogh, de Amesterdão, compilaram em 6 volumes, com cerca de 4300 ilustrações, as cartas escritas por Van Gogh e que demonstram que o pintor não era tão demente como o pintam. Muito trabalho prático, muitas leituras de livros, de aprendizagem com os grandes pintores para conseguir chegar ao ponto de conseguir pintar o que sentia e não exactamente o que via.


É fabuloso ver as ilustrações nas cartas e ver os estudos de alguns dos seus quadros. Retratou pessoas do povo e cenas do campo. Viveu com dificuldades e sempre com a impressão de que não chegaria a lado nenhum na sua escolha pessoal. Tivesse vivido mais uns anos.


A exposição "O verdadeiro Van Gogh" está patente de 23 de Janeiro a 18 de Abril 2010, no Royal Academy of Arts.

Esboços daqui e daqui.

Sites que recomendo:

quinta-feira, 18 de março de 2010

Conhecer Istambul no CCB

No sábado passado fui dar um passeio ao CCB, com intuíto de ver a exposição de fotografia sobre Istambul. Como decorre até ao dia 1 de Abril, o festival "Pontes para Istambul", resolvi aproveitar o dia de sol e as exposições de borla.

Pelas 18h00 havia menos gente e pude ver com mais calma, uma exposição do fotógrafo Ara Güler, denominada "Istambul perdida" com fotos a preto e branco, da cidade nos anos 50. No Ípsilon, pode ler um excelente artigo sobre este fotógrafo.


As fotos são belíssimas e retratam as pessoas, os bairros, os barcos que fazem a travessia do Bósforo. Tinha um aspecto nostálgico e histórico,  de uma cidade que faz a ponte entre o Ocidente e o Oriente. Uma cidade de fronteira onde se cruzam milhões de pessoas e com uma história de milhares de anos.
É uma cidade que espero conhecer um dia e que já me havia despertado a atenção pelo escritor Orham Pamuk, numa entrevista em que ele fala da cidade com muito amor e onde percorre as livrarias e alfarrabistas.
Depois no domingo à noite, para corolário da "viagem" pelas fotos, o programa da RTP2 "Câmara Clara", dedicou o tema a essa cidade, com os pontos de vistas de dois entendidos no assunto Oriente, a Alexandra Lucas Coelho e o Bruno Reis. O problema Turquia e a Europa e também a divisão Ocidente-Oriente. Recomendo a visualização do programa.
Um fim-de-semana em cheio com uma excelente viagem por Istambul.

Foto daqui.

terça-feira, 16 de março de 2010

Urban Sketchers no Público

O encontro dos desenhadores urbanos, do sábado 27 de Fevereiro, veio referido no jornal Público. É com muita satisfação que vou vendo o grupo a crescer, mais desenhos a aparecerem e com iniciativas mais maduras e interessantes. Este encontro também vinha referenciado na "TimeOut".

O encontro também fez parte de um encontro global, o "26º world wide sketchcrawl". Um pouco por todo o mundo, se desenham ruas, pessoas, cidades e depois trocam-se experiências em forum. Eu participei aqui, contando também com os desenhos do António Araújo.
Há desenhos excelentes em Itália, Espanha, EUA, no Brasil e até na Ásia. Vale a pena passar uns minutos por lá.

E esta semana já há outro desafio para desenhar.

P.S. Também saíu o destaque no suplemento Fugas.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Quinta-feira

Mais uma noite europeia de futebol, com aquela sensação que tinha quando era mais novo. Talvez por se tratar de um encontro a que assisti há 20 anos. Um Benfica-Marselha muito interessante de seguir na televisão. Aquele jogo de nervos a deixar a conclusão para a 2ª mão. Soube-me bem sentir de novo os nervos dos grandes jogos. Para o campeonato, já vai sendo um pouco rotineiro as goleadas. Na Liga Europa é com vitórias suadas, jogos de nervos. Uma delícia.


Foi também uma quinta-feira de nervos para quem queria entregar o IRS. Ontem tivemos problemas com a entrega do IVA por causa da corrida à entrega on-line do Modelo 3 do Imposto sobre o rendimento. A notícia havia saído que o reembolso do imposto seria feito em 20 dias a contar da data de envio e está-se mesmo a ver o que os portugueses foram fazer. No primeiro dia, quarta, entupiram o site e hoje ainda se mantinha assim.
Ainda dizem que os portugueses deixam tudo para o último dia. Com o pessoal a precisar do reembolso, deve haver pessoas a entregar o modelo de madrugada em frente ao computador. Depois de entregue, esperar 20 dias... Será que é tão rápido?


Nesta quinta-feira, ficou a saber-se que o Estado da Bahia, no Brasil, irá organizar a Taça do Mundo de Equipas de Judo. Portugal é uma selecções presentes nos dias 20 e 21 de Agosto. Vamos competir com outros 7 países. Os nossos atletas vão-se destacando nas melhores provas, especialmente nas competições femininas. Bons tempos em que andava a "varrer" nos tapetes.

E o tempo continua seco. Já não me lembrava de sentir o sol na cara, como me sucedeu ao almoço. Uma quinta-feira que me soube muito bem, excepto no empate do Benfica.

Fotos do jornal i e do jornal A Bola.

domingo, 7 de março de 2010

Monstra 2010

Ainda não tive a oportunidade de ir ver este Festival de Animação de Lisboa, mas gosto sempre de ver os cartazes a anunciarem. Coloquei o de 2009 e o deste ano.


E este é o desenho que abre a página da internet. Muito bom. Quem puder, aproveite e veja um ecrân de cores nestes dias cinzentos de chuva.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Os desenhos do elevador.

E cá estão os 2 desenhos que fiz no encontro. No primeiro, desenhei a traseira da cabine n.º 2 do elevador, que muitos turista confundiam com a entrada correcta. Nesta altura ainda chovia um pouco e começava a ficar com o bloco molhado e as mão geladas.


No segundo desenho, fui até à frente e apanhei estes 2 desenhadores na conversa e a observarem a cidade, para a colocarem no papel. Sentia o elevador a tremer um pouco com o vento. As escadas em caracol estavam vedadas ao público. Mais turistas circulavam e olhavam para nós.


O próximo encontro é a 15 de Maio (se não estou enganado, é o 27º sketchcrawl), no Largo Camões para observarmos o quiosque que lá está e o movimento que por lá passa. Aguardamos mais sol para essa altura.
Quem quiser ver alguns dos desenhos do 26º sketchcrawl mundial, veja aqui, neste forum.

terça-feira, 2 de março de 2010

26º Sketchcrawl - Elevador de Sta. Justa

Mais um encontro dos Urban Sketchers, em Lisboa, no largo do Carmo. Apesar da chuva, o convívio foi bom e o motivo para desenhar era o elevador de Santa Justa, um convite da Arquitecta Susana Mendes Silva para o projecto "Santa Justa".
Apanharam-me por duas vezes em pleno desenho. A ver se consigo colocar os desenhos que fiz. As fotos são do blogue do projecto.