quarta-feira, 20 de abril de 2011

Semana pascal

Não assisti ao jogo de hoje da Luz, mas reconheço que o FC Porto está a revelar uma mentalidade ganhadora e capaz de ultrapassar as dificuldades. Com uma desvantagem de 2 golos, conseguiu ganhar por 3 a 1 contra o SL Benfica. Contrariando o ambiente político-económico do país, tem sido uma equipa que mostra unidade e resultados com uma boa liderança que apesar de jovem tem dado frutos.


Felizmente há bons exemplos que possamos seguir. Ultimamente, a nível político tem passado para a "plateia" uma ideia de incapacidade, interesses pessoais e alheamento face à realidade. Torna-se dificil fazer um esforço em conjunto com tão fracas lideranças políticas. E não só a nível nacional, a desorientação é europeia.

Esta semana também fiquei a conhecer um estudo nos jornais, de que há uma teoria em que a "Última Ceia" foi a uma quarta e não a uma quinta-feira, como ficou para a história. Para mim é um absurdo pensar que haja quem gaste tempo a pensar nestes pormenores. Se eu soubesse que Vasco da Gama chegou à Índia às 15h40 ficaria mais satisfeito? Este ano os miúdos ficam a saber que o 25 de Abril foi a seguir à Páscoa.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Páscoa de Abril

Este ano por causa de uma série de factores astronómicos, a Páscoa chega mais tarde e encosta ao 25 de Abril. Costumo vivenciar os 2 períodos distintamente, com curiosidade histórica por ambos. Se pela Páscoa gosto das tradições e pelos documentários sobre a vida no tempo de Cristo, pelo 25 de Abril gosto de conhecer os factos da época, o espírito da altura e como nós portugueses ultrapassámos as dificuldades do fim de uma ditadura e uma descolonização expresso.


Este ano é um mix de sentimentos e vai ser dificil saborear bem os 2, mas penso que a salada de notícias dos últimos dias sobre o FMI, me farão lembrar dos outros assuntos. Enquanto não houver novo governo, vai ser só boatos, falsas notícias e nenhuma decisão. Acalmem-se, comam um pouco de folar e andem com o cravo na lapela. Mais calmos saberemos decidir melhor para o futuro. Para já, soube que temos 3 equipas nas meias finais da Liga Europa. Parece-me um bom sinal para olharmo-nos com mais orgulho.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Ver o futuro lembrando o passado

Alguns de nós sentimos às vezes que o que já passou é passado, não tem interesse e que temos de olhar para o futuro. Mas é curioso como por vezes analisando factos do passado, descobrimos o futuro. E aí se torna mais fácil, conhecendo os erros do passado. Estou errado?


Capa do Diário de Lisboa de 18 Julho de 1983. Era muito novinho para perceber o que se passava.

Imagem retirada daqui.