sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Loucas noites

"Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites."

É o refrão de uma das canções que mais gosto do Pedro Abrunhosa, "Lua".
Pois, ultimamente, as minhas noites têm sido loucas com uma miúda de 2 anos a chorar pelas 02h ou 03h. Acorda, chora e quer ir para a sala ver desenhos animados. E a essa hora o frio é também companheiro enquanto cambaleio na escuridão. Não dá para entender o comportamento e também não tenho tido cabeça para pensar nisso. As noites vão acumulando e o cansaço também. Suspiro por uma noite seguida.


Chego a casa, ligo o computador para ver o que se vai passando na Net, mas depois de fazer as actualizações e jantar, já não há energia para estar ao teclado. Algumas noites nem vejo nada, desligo o computador e vou para a cama. Esperando dormir umas 4 ou 5 horas. Ainda se estivesse calor...

Penso que será uma fase, a educação e a criatividade conseguirão manobrar os horários e chegaremos a um compromisso familiar. Boa noite.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Saldos antigos.

Um Bom Ano a todos. Janeiro começa seco e frio, não tanto como esperava, mas o suficiente para abrir gretas nas mãos e andar constantemente a pôr creme. Aquela época dos vidros embaciados no carro e não vermos nada quando saímos do estacionamento. Ou a quantidade de casacos que faz com que o cinto de segurança pareça curto. A época que nos faz ter saudades do verão.


Não tenho por hábito andar aos saldos nesta altura nem no verão. Acaba por ser um desilusão o que se encontra aos saldos. São tamanhos que nem sabia existirem ou roupas de 2005 ou 2007, na altura em que havia crédito e não se venderam e agora ainda pior. Mas é sempre interessante observar os espaços e as pessoas.


Os descontos são realmente grandes mas é dificil encontrar alguma coisa que nos sirva ou que valha a pena trazer. Por vezes encontro roupas melhores que estão na secção "Nova coleção".
Para os miúdos vale sempre a pena comprar com os descontos, mas aí as contas são pelos tamanhos e pela estação. Uma roupa de 4/5 anos deverá servir a uma criança de 2/3 anos. Percebo que a dificuldade dos tamanhos começa logo em novo. E deverão servir no próximo verão.