Loucas noites

"Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites."

É o refrão de uma das canções que mais gosto do Pedro Abrunhosa, "Lua".
Pois, ultimamente, as minhas noites têm sido loucas com uma miúda de 2 anos a chorar pelas 02h ou 03h. Acorda, chora e quer ir para a sala ver desenhos animados. E a essa hora o frio é também companheiro enquanto cambaleio na escuridão. Não dá para entender o comportamento e também não tenho tido cabeça para pensar nisso. As noites vão acumulando e o cansaço também. Suspiro por uma noite seguida.


Chego a casa, ligo o computador para ver o que se vai passando na Net, mas depois de fazer as actualizações e jantar, já não há energia para estar ao teclado. Algumas noites nem vejo nada, desligo o computador e vou para a cama. Esperando dormir umas 4 ou 5 horas. Ainda se estivesse calor...

Penso que será uma fase, a educação e a criatividade conseguirão manobrar os horários e chegaremos a um compromisso familiar. Boa noite.

Comentários

hfm disse…
Pois... há que aguentar e a fase há-de passar, vai desenhando, desenha-a.
JASG disse…
Começa de 15' em 15', mas com o tempo vai espaçando.
Posso confirmar que mesmo à segunda, não melhora...
:-)