Olhar apaixonado dos homens.

Ouvi esta manhã a rubrica diária do Júlio Machado Vaz e da Inês Meneses sobre amor e sexologia, na Antena 1. O tema dizia respeito a um estudo sobre o tempo que os homens demoram a olhar para uma mulher. Consideraram que mais de 8,2 segundos corresponde um homem apaixonado. Menos de 4 segundos, mostra desinteresse e pouca atracção. Em relação às mulheres, o tempo é indiferente, atraídas ou não.
Passando à frente dos detalhes do estudo, verifico que se prova que os homens são de mais fácil leitura que as mulheres. Dão mais nas vistas quando observam alguém e podemos saber se estarão interessados ou não.As mulheres poderão verificar a sua capacidade de atracção consoante o tempo que estão a ser miradas. O que pode ser complicado às vezes, com homens que observam por cima da leitura dos jornais ou torcem os olhos, estando ao lado da mulher ou da namorada, disfarçando que não estão a olhar para outra.Mais do que o tempo, também conta a atitude. Quantas são as raparigas que passam em frente a um snack-bar onde alguns homens fumam e não ficam todos a olhar para não ficarem mal perante o grupo. Neste caso, é um
olhar de afirmação com acompanhamento de um assobio ou um piropo reles. Quanto mais tempo, mais macho. Pressão de grupo!
Certo é que quem olha mais tempo, mostra algum interesse. O estudo afirma também, que os homens procuram mulheres férteis, olhos nos olhos. Deve ser uma novidade para nós. Normalmente, olhamos nos olhos para conhecer a mulher com quem falamos e não necessariamente para arranjar uma mãe do nosso filho. Mais um grande passo sobre o funcionamento simples dos homens. As mulheres são mais complexas. Daí, levar algum tempo a conhecê-las.

Comentários