Encontro Urban Sketchers no Seixal


Um dia fabuloso que começou com nevoeiro junto ao sapal de Corroios, no Moínho de Maré. Depois de uma explicação sobre a origem do moinho, do seu funcionamento, lançámo-nos ao desenho. Registei a fachada no interior que separa o edifício em 2 gerações.





De tarde, fomos visitar a antiga fábrica da pólvora que se tornou num núcleo museológico. Foi impressionante assistir ao funcionamento da caldeira e da máquina que coloca toda a fábrica em movimento. Conhecemos o operador, o Sr. Francisco, que desde manhã estava a trabalhar na caldeira e a sua cara revelava bem isso. Ouvimos a história da fábrica e a razão para as diversas oficinas se encontrarem afastadas umas das outras. 


 O edíficio da caldeira onde se encontra o motor de toda as fábrica.



Comentários

ana magalhães disse…
Também gostei muito deste dia. Bons desenhos!