quinta-feira, 24 de julho de 2014

Arqueologia na Baixa de Lisboa III


A equipa de Arqueologia está de volta à rua dos douradores em Lisboa. Continuam as escavações no antigo convento Corpus Christi e mais ainda estará para surgir.
Este desenho revela as sapatas do edifício depois de retirado o pavimento de cimento da antiga loja de electricidade. Na loja do lado ainda retiram montes de ossadas de antigas valas resultantes do grande terramoto de 1755. Vou continuar a acompanhar as escavações.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

FMM 2014 - Sines e Porto Côvo

Este fim de semana começou a edição de 2014 do Festival de Músicas do Mundo de Sines. Este ano abria com concertos no Porto Côvo, em pleno largo do Marquês. Aproveitei para acampar perto da praia da ilha do pessegueiro e ver alguns concertos.




No sábado choviscou e aproveitei para passear em Sines e ver os preparativos deste festival que acompanho à anos com alguns intervalos. Ao final do dia pude assistir aos espectáculos já com noite de céu limpo. A praia no domingo já estava uma delícia.


No almoço desenhei um pouco enquanto esperava uma raia frita e um bacalhau assado. É bom voltar aos lugares onde nos sentimos bem. Gosto muito do Côvo.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Rua do Carrião, 14


Pausa do almoço. Um desenho pela hora do calor com 2 gatos a fazerem inveja a uma bela sesta. Mantiveram-se quietos durante o tempo todo que estive a desenhar. Nem mesmo quando chegou um cão a arranhar a porta e alguém lá dentro abrir e deixá-lo entrar. A porta ficou aberta, talvez para circular o ar.
Atrás de mim abriu também uma porta, um jovem casal ia a saír do prédio e ia-me deixar a porta encostada. Disse-lhes para a fechar que apenas desenhava o cenário da frente. Os gatos ficaram a dormir e a pausa acabou.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Rua Metade, 29


Pela hora de almoço aproveitei para passear um pouco pelas ruas estreitas e mais frescas da Colina de Sant'Anna em Lisboa. Parei na rua Metade onde dei com esta porta bem velha. Comecei a desenhar e logo uma senhora do 2º andar me perguntou se precisava de ajuda. Disse-lhe o que estava a fazer e ficou na varanda a ver. Quando comecei a aguarelar, reparei que o marido já a acompanhava na varanda.
Quando acabei mostrei-lhes e perguntaram-me se não queria ver por dentro. A hora de almoço estava a terminar e já não tinha tempo. Perguntei quanto tempo tinha o prédio, calculam que mais de 100 anos, mas que o casal vivia ali há 45 anos. Agradeci mais uma vez e voltei ao ar condicionado do escritório.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

59º Encontro UsK - Alhos Vedros (tarde)


Ao almoço, os desenhos continuaram juntamente com um belo frango assado e uma entrevista a rematar. Ainda apanhei alguns dos distraídos, incluindo o Luís Delgado de pólo rosa e a aguarelar o seu caderno. Ainda contou algumas das histórias que conhecia de Alhos Vedros, das fábricas que existiam e do gosto pela Literatura e pelo desenho.

Pela hora do calor, seguimos até à Igreja de São Lourenço onde o padre nos abriu a porta e logo saboreámos o fresco das capelas, ouvimos um pouco da história desta Igreja que teria o rio Tejo aos pés no tempo dos Descobrimentos. Esta terra teve muita importância nesta época com o foral dado pelo D. Manuel I em 1514, motivo para a comemoração dos 500 anos e razão para a organização de eventos como este.


Aproveitei o fresco da capela mais antiga da Igreja para desenhar os azulejos hispano-árabes que se destacam dos restantes. Nota-se que estiveram tapados durante anos com estuque por oposição à origem muçulmana dos ditos. Apresentam sempre flores ou animais sem apresentar figuras humanas.


À hora do jogo da Argentina - Bélgica, fomos até ao cais junto do Moinho de maré. Comi um gelado e fui ter a um pequeno estaleiro onde se encontrava em arranjo um barco dos tradicionais. Gostei de ver os gestos de soldar, serrar, martelar e procurei colocar isso no papel. Sempre um desafio.
Terminámos o encontro com a fotografia de grupo e uma boa conversa sobre desenho, encontros e actividade cultural na sede do C.A.C.A.V. No final do ano teremos uma exposição com estes desenhos sobre Alhos Vedros.


segunda-feira, 7 de julho de 2014

59º Encontro UsK - Alhos Vedros (manhã)




Um saboroso encontro de desenho em Alhos Vedros a convite do CACAV (Círculo de Animação Cultural de Alhos Vedros). Fiquei a conhecer melhor a localidade ao qual apenas tinha visto a Feira Medieval que este ano foi consagrada aos 500 anos do Foral, razão do convite do CACAV.
Com muita presença industrial e histórica, Alhos Vedros reflete esse passado e procura encontrar caminho para o futuro. Penso que a cultura pode bem ser um ponto bem forte.
Estes 2 desenhos foram feitos de manhã, embora já com o sol bem forte. Depois fomos almoçar num espaço cheio de àrvores (debaixo de uma ameixoeira) e muito agradável, junto ao atelier de artes desta associação.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Dia da Cidade do Barreiro


No passado sábado 28 de Junho, feriado no Barreiro, a cidade comemorou 30 anos.
A Câmara do Barreiro tinha-me feito um convite para organizar um workshop de desenho no âmbito da iniciativa "Espaços Vivos". O workshop foi bem divulgado, mas até à véspera não tive inscrições.

Mesmo sem participações no workshop, os festejos do Dia da Cidade foram um excelente tema para um desenho junto à piscina municipal. Uma aula de zumba com grande participação, o desafio do remo da associação dos ferroviários e a capoeira dos Muzenza. 

Irei fazer novos encontros de desenho pelo Barreiro. Penso que devemos cultivar e criar iniciativas que deem a conhecer esta cidade de outra forma. E estimular o uso do diário-gráfico entre os mais novos.