Rua Metade, 29


Pela hora de almoço aproveitei para passear um pouco pelas ruas estreitas e mais frescas da Colina de Sant'Anna em Lisboa. Parei na rua Metade onde dei com esta porta bem velha. Comecei a desenhar e logo uma senhora do 2º andar me perguntou se precisava de ajuda. Disse-lhe o que estava a fazer e ficou na varanda a ver. Quando comecei a aguarelar, reparei que o marido já a acompanhava na varanda.
Quando acabei mostrei-lhes e perguntaram-me se não queria ver por dentro. A hora de almoço estava a terminar e já não tinha tempo. Perguntei quanto tempo tinha o prédio, calculam que mais de 100 anos, mas que o casal vivia ali há 45 anos. Agradeci mais uma vez e voltei ao ar condicionado do escritório.

Comentários

Rita Caré disse…

Tens sempre uma história para contar! Adoro isso e o desenho!
Também gosto muito de perceber como desenhavas quando te conheci em 2009 e como evoluiste! Fantástico! Parabéns!
Henrique Vogado disse…
Obrigado Rita, sinto que evoluí muito desde que comecei a desenhar mais. Reparo nos primeiros diários-gráfico e noto como observo melhor e melhor domino a mão.
As histórias são o complemento que gosto para um bom desenho. Ficam na memória quando volto a ver o desenho.