Falta-nos confiança para fazer coisas bonitas

Assisti um pouco ao jogo de hoje, entre Portugal e Espanha e gostei. Portugal deu 4 à selecção campeã da Europa e do Mundo. O jogo no âmbito de uma campanha para a realização em conjunto, do Mundial 2018/2022, fez-me ver que com uma equipa confiante os resultados aparecem.

A equipa tem algumas alterações, especialmente no líder e foi o suficiente para mostrar o gozo, a paixão que aqueles jogadores têm para jogar em conjunto. No Mundial, a confiança, a desorientação não estava na África do Sul e sofremos para saír de lá com alguma dignidade.


É um pouco essa a visão que temos de passar para o resto. O que este país ainda consegue fazer para se elevar do buraco que nos colocámos, quando tudo parecia fácil. Agora é necessário, procurar os melhores líderes e fazer funcionar a equipa que todos somos. Por enquanto somos um conjunto de pessoas, com ideias diversas, muitas acusações e disparos para todos os lados. Precisamos de estar virados para o mesmo lado e pensar neste país com alguma confiança.

Acabo esta noite cheio de ideiais, que de manhã já se sumiram. Mas alguma coisa fica e acho que temos equipa para continuar a jogar sem a intervenção de equipas estrangeiras. O FMI não é um personal trainer, somos nós que temos que nos pôr em forma.

Comentários

hfm disse…
Subscrevo todo o post mas inteiramente o último parágrafo que tudo resume.