Encontro de desenho no "Grande Circo Místico"



A convite da Teresa Ruivo, fomos desenhar nas filmagens de um novo filme brasileiro "Grande Circo Místico" baseado no musical de 1983 do Chico Buarque. Quando cheguei fiz um desenho de aquecimento, enquanto via o material de cinema a saír das carrinhas e a prepararem tudo na tenda.


Dentro do circo, ficámos sentados nas bancadas por detrás das câmeras e conseguimos ver o ambiente frenético de assistentes de realização, de som, de imagem, de figurinos. O filme é realizado por Cacá Diegues.


Fomos colocados de maneira que não ficássemos ao pé dos figurantes, mas a luz que havia não dava para ver muito bem os detalhes que queríamos desenhar. Mas é sempre um excelente desafio, improvisar com outros materiais e desenhar mais rapidamente.



O actor que interpretava o papel do apresentador Celavi, que neste desenho estava pendurado na corda com a câmera à frente, ficou ao meu lado numa das bancadas. Mostrei o desenho a ele e quis ver os outros. Perguntou quem nós éramos e o que desenhávamos. Pedi um autógrafo no próprio desenho. Disse-me que tem um nome um pouco diferente do habitual, Jesuíta Barbosa. A acção agora prosseguia com o domador Victor Hugo Cardinalli e 2 leões, com muitos "silêncio, acção"


No exterior fomos desenhando o cenário das traseiras da tenda e que representava um circo dos anos 60, com a tralha toda amontoada e algumas carroças um pouco decadentes. Muitos motivos para desenhar.










No camião dos leões, a maior "fera" era este cão todo entretido na cabine do condutor.


No final do encontro, a partilha dos desenhos nos vários cadernos e a troca de impresões sobre a dificuldade de desenhar com pouca luz e com um ambiente sempre em movimento.


Gostei muito do encontro, sempre uma forma diferente de vermos o mundo, do circo e do cinema, com marcadores e aguarelas.

Comentários

Miú disse…
Óptima reportagem e desenhos muito giros.