quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Um nadinha frustrante


São diversas as situações que passamos na vida que nos deixam um nadinha frustrados. Mesmo que as coisas corram bem, há sempre algo que não ficou como queríamos e isso é um pouco frustrante.
Deve ser um aspecto que é necessário para nos manter um pouco humildes mesmo no sucesso e quase completa satisfação. E há sempre uma pequena coisa que nos deixa frustrados.
Desabafos à parte, há sempre o prazer de desenhar nos transportes públicos. O senhor que "apanhei" no metro acordou e ainda me viu a desenhá-lo. Ficou sem reação. 
No barco, duas raparigas que estavam sentadas atrás do rapaz de capuz viram-me a desenhar e comentavam sobre o desenho do metro. Estavam com um pouco de receio de serem desenhadas, já que estavam no meu campo de visão. Mantive-as no anonimato para seu descanso e acabei por não captar os gestos das duas, que ficariam mesmo bem no caderno. Foi um nadinha frustrante.

2 comentários:

teresa ruivo disse...

cada vez melhores os teus desenhos no barco!

Miú disse...

Há grandes e pequenas frustrações, sim, mas por vezes elas são produtiva se levam-nos a tentar outras estratégias e a ir mais longe! :)