Slow Mile

Um projecto interessante veio no caderno P2 e no Fugas, do Público, na passada terça-feira. Numa reportagem da jornalista Alexandra Lucas Coelho, a referência a um projecto englobado no movimento Slow.
O movimento slow vai continuando a crescer no mundo e vão surgindo novas ideias para viver melhor a vida, saborear com calma este mundo. 

Slow Mile concilia o Slow Travel com o desenho - Projecto fundado há um ano por uma norueguesa e um português que se conheceram em cursos de desenhos - Bodil Eide e o Paulo Borges procuram pôr as pessoas a andar e a desenhar.


A ideia é excelente, pois há muita gente que assim viaja e conhece as pessoas e as paisagens. Neste projecto, procuram juntar esses gostos em passeios em conjunto com ateliers de desenho e caminhadas. Uma excelente ideia e uma grande iniciativa.

Com isto, lembrei-me de uma série que passou no Canal Travel, chamada "Travel Notebook" e que mostrava alguns ilustradores a viajarem por países e a desenharem as paisagens.
Imaginem-se numa caminhada com paragens para descanso, água e uns traços no caderno. Umas aguarelas à hora de almoço e ficam com uma imagem na memória e no papel. E no papel ficarão as nossas sensações e o que os nossos olhos nos fizeram ver. Mais do que numa fotografia.

Slow Mile no Facebook.
Neste blogue, 10 razões para mudar para o Slow Travel.

Foto: Anne Steinlein desenhando, uma das ilustradoras da série do Travel.

Comentários

hfm disse…
Se puderes dá-me mais indicações de onde os posso encontrar, conheço a Bodil foi minha professora na Nextart. Um abraço.