Verão Quente há 35 anos.

Comprei este mês a edição da revista Visão História sobre o Verão quente de 1975. Tive curiosidade de conhecer uma época de grandes lutas e de quase guerra civil em Portugal.
A revista está muito bem feita. Faz um relato dos factos entre o 25 de Abril de 1974 e o 25 de Novembro de 1975. Ainda é um pouco confuso compreender, por um lado por ainda estar fresco na cabeça dos mais velhos com todos os pontos de vista e fanatismos ainda presentes e por outro porque ainda vão surgindo mais factos e testemunhos que acrescentam sempre um pouco de pimenta à História.


Gostei muito de ler sobre um período em que as pessoas que passaram por ele não devem ter ficado com uma ideia do que se passou. Muita informação contraditória, muita ignorância, muitas culpas de vários lados e muito aproveitamento de oportunistas.
Numa das páginas, a revista apresenta um mapa do país com as legendas das revoltas e das estradas e auto-estradas. Parece que foi há 300 anos. As vias de comunicação eram rídiculas, as viagens demoravam horas e como era longe Lisboa ou o Porto do interior. 


É uma revista que aconselho a leitura a todos. Quem não sabe e quem não percebeu o que passou. Como lá é referido, Portugal foi naquela altura um laboratório da Guerra Fria. Os EUA estavam na dúvida no que isto se iria tornar.
Assim também me apercebo no enorme desenvolvimento que o nosso país teve em 35 anos. A memória é curta para alguns.

Fotos daqui e daqui.

Comentários