Dia dos Bem-amados


Lembrei-me da novela brasileira "Bem-Amado" para o título do post neste dia de São Valentim. É sempre engraçado ver todo o foclore à volta deste dia, como se tivéssemos de nos lembrar o que não fazemos durante o resto do ano.

Mas é necessário criar dias assim. Foge à rotina, obriga as pessoas a falar de outras coisas sem ser ondas e chuva, criando semanas temáticas. Agora estamos com os corações, para a semana o carnaval, depois a perda de peso nos ginásios e as notícias sobre dietas.
Adoro as notícias que começam com "Há cada vez mais portugueses a aderir à moda do...". Há 10 pessoas que fazem algo diferente e logo estendemos a tendência para uma moda nacional.

Se é para ser um dia diferente, em vez de fazer anúncio a compras de lingeries sexy ou posições para agradar o cônjuge, nada como uma coisa tão simples como falar. Falar de assuntos diferentes do dia-a-dia, de coisas diferentes, de histórias curiosas e cómicas. No final do serão a satisfação seria mútua.
Ainda outro dia vi um casal novo numa mesa ao lado que passaram o jantar todo a olhar para os telemóveis e a mostrar aplicações um ao outro. Um dia diferente seria mesmo com uma boa conversa.

Comentários