1º Encontro Urban Sketchers Beja

 Fui neste domingo ao 1º Encontro dos Urban Sketchers Beja. Último dia do Festival BD de Beja, terminou em grande com um excelente encontro de desenhadores de diversas zonas do Alentejo que também quiseram participar com o grupo de Beja. O Encontro começou na Praça da República.


Prosseguimos para a Rua das lojas com explicações sobre a grande importância da cidade na época romana. Janelas e portas manuelinas que permanecem na cidade e que nos escapam ao olhar.
Numa pausa aproveitei para fazer um desenho rápido da Rua do Sembrano onde uma senhora se manteve em conversa ao telemóvel e falava sobre o baile de véspera. A conversa continuou durante o tempo do desenho, sempre com a referência de que estava a ficar sem bateria. 
A pausa da manhã na loja Estórias Tantas onde muitos aproveitaram para aquecer e fazer uns desenhos no interior. Boa conversa.


O Festival de BD dividia-se em diversas exposições pelo centro histórico. A exposição dos cadernos do Eduardo Salavisa estava muito boa com os cadernos em gavetas antigas. Para nossa surpresa, um caderno A4 com um desenho de Veneza, num formato que não estamos nada habituado a ver no Eduardo. 

Na loja ao lado uma exposição muito diferente com figuras trabalhadas em papel. Trabalhos de João Charrua. Fabulosas criações.


Depois do almoço continuámos o passeio e chegámos ao miradouro do Terreirinho das Peças onde se avistava o topo da Torre de Menagem e no outro lado a planície até Moura e Serpa. Nesta altura já fazia bastante calor e queríamos refrescar.




Prosseguimos até à colina do Convento e do Teatro Pax Julia. Descemos até ao café Luiz da Rocha onde fizémos a pausa e troca de impressões dos desenhos.


Foi um excelente encontro e para o próximo ano a ver se consigo ir ao primeiro fim de semana do Festival, que dizem ser o melhor com os autores de BD, concertos e autógrafos. Soube muito bem voltar ao Alentejo para desenhar.

Comentários

Maria Celeste disse…
...que magnífica reportagem...
...adorei as esculturas em papel...
Eduardo Salavisa disse…
Foi um dia inesquecível. Obrigado à malta de Beja, especialmente à Rita Cortez
Miú disse…
Que giro ficou o teu desenho do Terreirinho!
E concordo contigo, Henrique, e com a Celeste: as esculturas em papel estão fabulosas.
PS - E os Urban Sketchers multiplicam-se por todo o lado! Parabéns, Beja!