Hipocrisias

Esta semana achei curioso toda a polémica sobre a apreensão de um livro em Braga pela PSP. Já vi comentários de todo o tipo e é um tema sempre infinito para discutir.
O que pode ser considerado pornográfico? O que pode ser considerado arte?
Depende sempre do ponto de vista de quem vê. Por acaso já tinha visto esse livro à venda numa livraria e acho sempre interessante ver as reacções a tal figura, o de uma mulher nua de pernas aberta e cujo título "A origem do mundo" é tão natural para muitas pessoas e tão escandaloso para tantas outras. É uma imagem muito realista, talvez seja isso que mexe com tanta gente. Mas fico sempre surpreendido com estes acontecimentos, pois todos os dias vejo nos quiosques revistas masculinas bem destacadas, o cinema comercial português aposta cada vez mais em cenas picantes e até as séries e novelas na televisão já piscam o olho para a marotice.
Em 2008, foi notícia a proibição por parte do Metropolitano de Londres, de colocar os cartazes a anunciar uma exposição de um pintor do século XVI no Royal Academy. O cartaz reproduzia um quadro do pintor Lucas Cranach, onde surge Vénus, a deusa romana do amor e da beleza. O facto de ser uma figura nua deixou os responsáveis a pensar como haveriam de resolver um problema de expor um cartaz que seria visto por milhões de pessoas, inclusive crianças que circulam no metro londrino. Mais uma vez, trata-se de pontos de vista. Ninguém duvida que seja uma obra de arte, mas só mostra que apesar de toda a informação disponível hoje em dia na Net, tanto por adultos como por crianças, haja ainda tanta polémica. Será falta de cultura? Acredito que por este caminho, todos poderemos ver imagens pornográficas no computador, mas não aceitaremos imagens de arte grega, romana ou da renascença que não estejam vestidas, em lugares públicos.
Qualquer dia o busto da República tem de ser coberto, pois ter uma mama à mostra nos parlamentos será um escândalo....

Foto: http://www.aboutmayfair.co.uk/

Comentários