Mats Magnusson

Hoje deu para matar saudades de alguns jogadores que via no antigo estádio da Luz, quando ia à bola com o meu pai e o meu irmão. Na altura a equipa tinha jogadores como o Valdo, Veloso e Rui Águas.
A SIC transmitiu o jogo de solideriedade a favor das vítimas do sismo do Haiti entre o Benfica com antigos e actuais jogadores e uma equipa composta por diversas vedetas internacionais, como o Zidane. O jogo teve momentos engraçados. Foi bom rever o Chalana a jogar, o Stefan Schwarz e até o Neno na baliza.
O momento alto, para mim, foi a entrada do jogador que conheci com o nome de Mats Magnusson, o excelente ponta-de-lança sueco. Grande marcador, esta noite, foi uma surpresa ver os quilos a mais e pernas a menos. Ainda chegou a caír sozinho, mas valeu a espera. Ali estava um jogador humilde que chegou a Portugal em 1987, desconhecido e que depressa começou a marcar. Vi o esforço que fez e o contributo que deu à festa. Grande Magnusson!

Um cartoon do Henrique Monteiro mostra muito bem as figuras do Jogo.

Comentários