O filme do momento.

O Futuro do cinema discute-se hoje sobre formatos em vez dos conteúdos. Depois do cinema de animação ter optado pelo digital e mais tarde pelas imagens a 3 Dimensões, a indústria procura reproduzir o mesmo efeito no cinema de "carne e osso". Para fugir às piratarias e à Alta Definição que vai surgindo em cada lar, em cada computador, a produção de filmes vira-se para o grande ecrân a 3 Dimensões. Aproveitam para subir o preço dos bilhetes e vender mais uns óculos.

Lia outro dia sobre a descida do número de espectadores e da subida dos lucros das distribuidoras. Para menos pessoas interessadas em filmes, vai-se buscar mais dinheiro aos que se mantêm interessados. Também, com o tempo que tem feito, o cinema mantém-se o escape dos fins-de-semana nos centros comerciais.
Mas, todos achamos que o 3D veio para ficar. Falta saber se os argumentos também se mantêm frescos e interessantes ou então passaremos a ver jogos electrónicos no cinema.
Fica mais dificil para os actores que passam a representar em estúdios verdes e com tecnologia por todo o lado e ganham os produtores com menos saídas para o terreno.
O "Avatar" chegou mesmo para fazer história. Muita discussão tem gerado e muito se fala dos efeitos nefastos nos miúdos e na cabeça das pessoas. Acho que é uma questão de adaptação. Antes víamos dinossauros de plasticina a lutar, comboios a vir na direcção do ecrân e as pessoas fugiam. Agora, é o futuro. Vamos ver tudo a 3D.

Comentários