Atmosfera na travessia do Tejo


Gosto muito de desenhar nas travessias diárias do rio Tejo. Há sempre algo que nos chama a atenção. O ambiente é normalmente calmo, silêncio de manhã e à tarde com mais conversa. As pessoas em grupo viram-se para conversar com os colegas de trás, há poses de espreguiçanço como no primeiro desenho, leituras diversas e muita gente em meditação com os olhos fechados nos sonhos de quem é embalado na ondulação do Tejo.


E claro há sempre quem ache curioso um tipo de caderno a escrevinhar e a olhar. E alguns ganham coragem de espreitar e muito raramente metem conversa comigo. A atmosfera quotidiana nas travessias entre Lisboa e o Barreiro.

Comentários

hfm disse…
Como sempre gosto do desenho e da sua história.