O Puto do Record


Estava sentado do lado do corredor no piso superior do barco Lisboa-Barreiro, quando vi ao lado um rapaz com uns 10 anos que estava a ler as notícias pequenas do jornal Record. O Pai ao lado ia falando com ele, provavelmente explicando o mundo do Futebol.
Lembro-me de uma entrevista com um antigo jornalista d'A Bola explicar que muitos miúdos há 30 ou 40 anos tinham acesso às leituras desse jornal, que essa era a literatura possível e que muitos desenvolveram a capacidade de leitura, raciocínio e opinião nesses textos que comentavam os jogos de domingo à tarde.
A postura do miúdo era muito relaxada, com a perna esquerda em cima da perna do pai. Acabada a leitura do jornal, começou num jogo na playstation portátil.

Comentários

Miú disse…
Começam cedo, realmente - mas antes o Record que nada!
O desenho ficou muito giro, by the way. :)
Filipe Pinto disse…
As tuas pessoas estão cada vez melhores.
Henrique Vogado disse…
Obrigado aos dois. Todos os dias treinos braços, pernas e expressões. Gosto de juntar as poses estranhas com uma estória engraçada. E no barco há muitas.