Mais um filme polémico...

O cartaz que abaixo apresento foi censurado pela rede de transportes de Madrid, por causa da imagem. O cartaz a anunciar o filme "Diário de uma ninfomaníaca" foi censurado nos outdoors do metro e proibido nos autocarros. Acaba por ser uma maior publicidade para ir ver o filme. Todos sabemos que o polémico é o mais apetecido. O filme é a adaptação do livro da francesa Valérie Tasso. O livro foi um best-seller e passou para o cinema pelas mãos de Christian Molina. A estreia estava marcada para a sexta-feira passada em Espanha. Lembrei-me da censura feita ao quadro que serve de fundo aos discursos do Berlusconi, que já havia falado anteriormente. Por mais aberta que se torna a sociedade, há-de sempre haver textos, imagens, filmes polémicos.Imaginando o metro de Madrid com os cartazes cobertos com uma faixa preta, ainda levanta maior curiosidade para vermos o que esconde. Neste caso é uma mão de mulher que se encontra a escorregar para dentro da própria lingerie e o resto é a nossa imaginação. Será que o filme estará à altura da expectativa criada por alguns. O livro esteve. Muitos foram os livros que foram surgindo sobre histórias de jovens, algumas universitárias, que se sentiram atraídas pelo mundo do sexo e da prostituição. Descobre-se um nicho com um tema picante e daí vem uma catadupa de estórias que envolvem sexo, mulheres e homens com poder e dinheiro.

Comentários