A Premiére está de volta!

A grande revista do cinema está de volta! Fiquei muito contente por ter voltado às bancas a revista portuguesa especializada em cinema e que havia sido interrompida em 2007. Num tema em que há poucas publicações em Portugal, limitando-se apenas a ser comentada nos suplementos dos jornais diários e semanários, é uma excelente notícia que esta revista volte em força para divulgação do cinema que estreia em Portugal, assim como as produções nacionais. Não é tarefa fácil no nosso país, falar sobre filmes que estão sempre a ser alterados na datas da estreia, que passam por salas minúsculas e por pouco tempo. A catadupa de estreias, faz com que alguns filmes de qualidade não cheguem a aquecer os ecrâns das poucas salas onde passam. O cinema americano continua a dominar, mas há sempre uns resistentes europeus e asiáticos. O crescimento dos festivais de cinema tem ajudado a criar novos aficionados do cinema. Cinema francês, cinema documental, terror e animação, têm trazido para algumas salas visões diferentes do cinema que é feito a nível mundial. Sei que as pipocas vieram para ficar (prefiro a companhia de uns M&M's) e que algumas pessoas consideram a sala de cinema uma extensão da rua com o atendimento de chamadas em pleno filme, a troca de sms e a conversa sobre outros assuntos com a mostra de fotos nos telemóveis... Chego à conclusão que os bilhetes não estão suficientemente caros, pois há quem vá e não ligue nenhuma ao filme que passa.Por curiosidade, a Premiere abre a 2ª série de publicação com o Brad Pitt, o mesmo actor que foi capa da n.º1 em Portugal. Um grande apoio à equipa que possibilitou a volta desta revista e que dure uns anos bons...
Bom cinema!

Comentários